fbpx

Tratamento da Disfunção Erétil em Curitiba

A disfunção erétil (DE), também conhecida popularmente como impotência sexual, é uma das mais comuns e angustiantes causas de queixas sexuais masculinas. Afeta mais de 50% dos homens acima de 60 anos, tem diversas causas psicológicas e médicas conhecidas e pode causar severo prejuízo à autoestima, qualidade de vida e relacionamento do homem com sua parceira.

Apesar de afetar principalmente homens mais velhos, as pesquisas demonstram que a angústia e a procura de tratamento costuma ser maior entre homens jovens e de meia idade, cuja causa mais frequente de DE é psicológica. Em nossa clínica observamos claramente essa busca de tratamento por homens jovens com DE de origem psicológica.

Na população mais velha, acima de 55 anos, a disfunção erétil tem relação estreita com fatores de risco cardiovasculares, como diabetes, hipertensão e alterações do colesterol. Problemas urinários e prostáticos também podem ser causadores de DE nesta faixa etária.

Outros fatores que concorrem para a DE próximo à terceira idade são tabagismo, sedentarismo e obesidade, assim como o uso contínuo de vários medicamentos utilizados para o tratamento de doenças crônicas. Algumas doenças menos conhecidas, como doença de Peyronie, que altera a anatomia peniana, também afetam a ereção a partir da meia idade.

O surgimento de medicamentos como sildenafila (viagra), tadalafila e vardenafila trouxeram ótimo resultado para muitos homens, mas também expuseram muitos outros problemas, individuais ou conjugais, que os medicamentos não resolvem, como baixa libido, ejaculação rápida e falta de intimidade do casal. Muitos homens voltam a ter vida sexual sob uso de medicamentos pró-eréteis, mas muitos deles ou suas parceiras ficam desapontados com a falta de melhora da qualidade global da vida sexual.

Fatores de vida como estresse elevado, depressão, transtorno de ansiedade e outros problemas de saúde mental são causas comuns de disfunção sexual em qualquer idade.

Quando a disfunção erétil tem causa orgânica, está sempre acompanhada de um problema psicológico ou emocional secundário às falhas de ereção, o que frequentemente conduz a necessidade de atenção psicológica especializada ou terapia sexual.

E nisso reside outra das grandes barreiras ao tratamento. Frequentemente os homens querem solução imediata para a disfunção erétil, porém o tratamento bem conduzido pode ser demorado, pois  depende da causa, do tempo de evolução e de outras influencias que ocasionaram a disfunção sexual. O objetivo não é somente melhorar a DE, mas também prevenir recaídas.

Devido a impaciência, muitos homens abandonam o tratamento precocemente, agravando o problema e buscando soluções em falsas promessas de solução rápida que encontram na mídia.

Em nossa clínica atendemos com mais frequência homens jovens disfunção erétil devido a  ansiedade de desempenho sexual (medo de falhar), que passaram previamente por consultas com urologistas que não encontraram causas orgânicas. Atendemos também, porém menos frequentemente, homens com DE mista, orgânica e psicogênica.

O tratamento começa com uma detalhada avaliação do histórico médico e sexual do paciente, mas também da sua saúde mental, para diagnosticar e tratar possíveis transtornos mentais/emocionais que possam estar contribuindo para o problema sexual.

Uma vez diagnosticado o problema sexual e possíveis quadros psicológicos e psiquiátricos que possam estar causando ou agravando a DE, o foco recai sobre  a  melhor resolução possível dessas condições de saúde mental. Já a  terapia sexual associada ao uso de medicamentos busca reduzir a ansiedade, facilitar o relaxamento, melhorar o foco nos aspectos eróticos da experiência sexual, melhorar a estimulação sexual e o relacionamento conjugal, além de prevenir recaídas da DE.

A parte médica do  tratamento visa orientar quanto aos cuidados com a saúde física e sexual do homem, reduzir o impacto de medicamentos com ação antagonista sobre a resposta sexual e melhorar a ereção com uso de diferentes modalidades de tratamento, de acordo com a causa orgânica específica da disfunção sexual.

A disfunção erétil deixa o homem emocionalmente fragilizado, e lidar com esses sentimentos não costuma ser nada fácil para ele, tanto que muitos somente procuram tratamento por insistência da parceira.

Todo tratamento médico e psicológico tem início com o respeito ao sofrimento do paciente. E  no caso das disfunções sexuais a ética e o respeito precisam ser ainda maiores, pois falar da vida sexual, mesmo durante uma consulta médica,  permanece sendo um grande tabu em nossa sociedade.

Texto de autoria do Dr. Lincoln Cesar Andrade

Permitida a reprodução e divulgação, desde que citada a fonte (autor e site)

Dr. Lincoln C. Andrade é Especialista em Sexualidade Humana pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, com quase 15  anos de experiência atendendo pessoas e casais com problemas afetivos e sexuais. É também médico psiquiatra, com residência médica pelo hospital das clínicas da USP (HC/RP), especializado no tratamento de pessoas em crise emocional, estresse, ansiedade e pânico. . Agendamento de consultas pelos fones (41) 30391890 e 996437333.

"Clínica Dr. Lincoln Andrade, a clínica de referência no tratamento do estresse elevado,  ansiedade, pânico e crises nervosas em Curitiba".

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário