fbpx

Mulheres muito valorizadas pelos homens no mercado do amor

Este artigo terá como base um tema que, acredito, seja realmente interessante para todas as mulheres. Trata-se daquilo que os homens valorizam em uma mulher com a qual pretendem manter um relacionamento de longo prazo. A partir deste artigo, pretendo escrever outros a respeito do assunto aqui no ON LOVE.

Uma conversa comum entre mulheres é como conquistar ou manter um homem após a conquista, ou como manter um homem interessado após o casamento.

Pois bem, a resposta não é tão complexa como parece. Com exceção das características físicas, homens buscam em uma mulher algo muito parecido com aquilo que uma mulher busca em um homem.

Quando pensamos em seduzir e conquistar uma pessoa, pensamos logo em aparência, corpo e atitudes sedutoras. E quando estamos no início de um relacionamento amoroso pensamos em romantismo e vida sexual quente, mas nesta fase ainda não damos a devida atenção ao que vem depois do apaixonamento e excitação. As fases seguintes colocam o casal naquilo que se denomina relacionamento de longo prazo, para o qual são necessárias muitas habilidades de convívio e certos traços de personalidade.

No artigo de hoje vou discorrer sobre temperamento e traços de personalidade que fazem uma mulher valorizada aos olhos dos homens, e comentarei sobre habilidades de convívio nos próximos textos.

Vou então introduzir aqui um termo muito utilizado, mas pouco compreendido pelas pessoas: Neuroticismo. O termo neuroticismo se aplica a pessoas que tem dificuldade de se adaptar ao convívio social e a situações habituais da vida. Diz-se que quanto mais difícil a capacidade de adaptação, mais "neurótica" a pessoa é. Essas são pessoas com baixa tolerância à frustração, baixa capacidade para adiar gratificações de curto prazo, reatividade alta ao estresse, irritabilidade, impulsividade, insegurança e muitas vezes dependência emocional e necessidade de controlar tudo a sua volta. Esses são também traços de personalidade de pessoas bastante imaturas, pois até certo ponto todos somos um pouco imaturos.

Pois bem, quando o neuroticismo é elevado em um ou ambos os membros de um casal, surgem problemas de toda ordem: Discussões, tentativa de controle, manipulação, chantagem emocional, intolerância e muitos outros problemas que transformam a vida em comum em um campo de batalha, sem trégua, sem paz, sem harmonia.

Então aplique tais problemas a um convívio muito longo, com filhos e com todas as responsabilidades e exigências próprias do ciclo da vida, e verá que o amor e a vida sexual podem se deteriorar progressivamente, as vezes rapidamente.

Pense bem: você gostaria de conviver a longo prazo, em uma relação amorosa, com uma pessoa "chata", muito dependente, pouco afetiva, controladora, sem interesses pessoais, sem alegria, negativa, facilmente irritável ou pouco sociável?

Nem você, nem ninguém! A não ser que tenha muito baixa autoestima. Caso contrário, você tenderá a se afastar de uma pessoa com tais características logo que perceba esses traços de temperamento e personalidade.

O oposto do neuroticismo é uma grande abertura para viver bem mesmo com as dificuldades próprias do ciclo de vida, disposição positiva para enfrentar a vida e para o convício social, afeto positivo, certa resiliência ao estresse, cultivo do bom humor, todas características de personalidade bastante atraentes para possíveis parceiros.

Tanto homens quanto mulheres podem ter neuroticismo alto ou conviver com parceiros muito neuróticos, mas, como este artigo é dirigido às mulheres, chamo atenção para a seguinte constatação: Quando homens amam, querem admirar a parceira, valorizá-la, sentir orgulho dela. Querem se sentir homens de sorte por terem sidos escolhidos por suas mulheres!

Nada pior para um homem do que sentir -se controlado, cerceado, manipulado. Sentir que deveria ter uma grande amiga mas parece ter uma mulher confusa, irritada, pouco compreensiva e, pior ainda, sentir que não tem ao seu lado uma parceira adequada para seguir pela vida.

Homens constantemente lutam para manter sua autonomia quando se interessam por uma mulher, pois quando se apaixonam tem mais dificuldade de autocontrole e tendem a entregar o controle à ela. Por isso respeitam muitíssimo as mulheres que entendem sua necessidade de autonomia e procuram ser suas parceiras nessas necessidades. Infelizmente, mulheres com neuroticismo elevado, frequentemente muito inseguras, não conseguem oferecer isso a ele.

Homens também admiram muito as mulheres que são alegres, leves, acolhedoras. Procuram tais características em uma mulher porque buscam aconchego na relação amorosa. Estresse eles já tem demais devido a competição no mercado de trabalho. No relacionamento amoroso querem paz e acolhimento, outra dificuldade que a mulher muito neurótica tem em oferecer, visto sua alta reatividade ao estresse e tendência em buscar culpados para suas dificuldades.

Beleza física e sexo bom são sem dúvida aspectos muito valorizados pelos homens, mas para relacionamentos de longo prazo a qualidade da parceria tem um peso muito grande, principalmente nesses tempos de sexo fácil em que vivemos.

Então, faço agora a seguinte pergunta:

O que você tem feito para melhorar seu potencial feminino para o amor ? Para ser altamente valorizada pelos homens no mercado do amor?

Fica aqui uma dica óbvia: Mulheres muito valorizadas no mercado do amor são mulheres avaliadas pelos homens como ótimas parceiras, aquelas ao lado das quais se sentem respeitados em suas necessidades de autonomia e compreendidos e acolhidos em suas necessidades de aconchego. Mulheres com predisposição positiva para a vida. 

Vou ensinar uma regra de ouro para vocês leitoras,  da qual não devem se esquecer jamais, mas que vale para ambos os gêneros. Uma parceira de verdade, uma grande companheira, é aquela que desperta o que existe de melhor em seu companheiro, pois isso faz com que ele se sinta pleno, completo como homem, e também abençoado por ter essa mulher ao seu lado. Infelizmente, o mundo está cheio de pessoas que despertam o que há de pior em seus parceiros.

Obviamente que o homem deve se esforçar na mesma medida para ser um companheiro  a altura desta mulher, mas este será tema de um artigo futuro.

Finalmente cara leitora, se ao ler este artigo você  percebeu que seu grau de neuroticismo é elevado, não precisa se angustiar. Procure ajuda especializada, o que vai propiciar crescimento pessoal, aumento da sua autoestima e relacionamentos realmente gratificantes. Esse é um investimento que realmente vale a pena, como tenho constatado no atendimento de tantas pacientes ao longo dos anos.

No On Love temos auxiliado com sucesso muitas mulheres que buscam se tornar mais competentes para o amor e a vida conjugal ou que estão com problemas de relacionamento amoroso.

Caso você tenha interesse em conhecer com mais detalhes tudo aquilo que um homem realmente valoriza em uma mulher, além da beleza física, venha para o a consultoria em relacionamento amoroso e comportamento afetivo masculino com Dr. Lincoln C. Andrade. 

Sejam bem vindas ao ON LOVE!

Texto de autoria do Dr. Lincoln C. Andrade*

Permitida a reprodução e divulgação desde que citada a fonte (autor e site)

*Dr. Lincoln C. Andrade é médico psiquiatra, estudioso da psicologia e do comportamento masculino no amor e especialista em sexualidade humana pela Universidade de são Paulo-USP. Trabalha há 15 anos com aconselhamento para mulheres com problemas de relacionamento amoroso e no tratamento do sofrimento emocional de origem amorosa. Criou e mantém em sua clínica o programa ON LOVE, para a  qualidade de vida afetiva e sexual.  Agendamento de consultas pelos fones (41) 30391890 e 996437333. 

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário