Estresse, ansiedade e nervosismo na hora da prova do vestibular e do ENEM

Resultado de imagem para anxiety in s.a.t

Sem dúvida é bastante natural que após anos de empenho e dedicação aos estudos o vestibulando se sinta ansioso diante das provas do exame vestibular ou ENEM.  Certamente há muita coisa em jogo:  um longo período de preparação, muita expectativa da família e da sociedade e também muito alarde dos meios de comunicação, tudo dependendo do desempenho do estudante durante as provas.

Talvez o maior temor de muitos estudantes seja de que durante as provas aconteça uma crise de ansiedade,  com perda do controle emocional e da concentração, conhecido entre os vestibulandos como "deu branco". Tal crise de ansiedade tende a ocorrer com mais facilidade entre "vestibas" que são naturalmente mais ansiosos, muitos inclusive sofrendo de um transtorno de ansiedade sem saber disso.

Uma crise de ansiedade pode ter diferentes níveis de gravidade e pode envolver inquietação, taquicardia, sensação de falta de ar, perda de concentração, turvação visual, tontura, sensação de formigamento pelo corpo, sensação de pernas "amolecidas", sudorese, tremores e episódios de choro. Quando muito intensa a crise de ansiedade pode levar o vestibulando ao pânico, com sensação de completa perda de controle, de que vai morrer, de que vai enlouquecer.

Portanto, todo vestibulando que já tem histórico de se sentir muito ansioso antes de provas na escola deve estar mais atento ao seu nível de ansiedade diante da aproximação do exame vestibular. Caso sinta necessidade de auxílio deve procurar atendimento de um profissional de saúde mental. É muito difícil aceitar a não aprovação no vestibular ou um resultado ruím no ENEM devido a falta de controle emocional e não devido a falta de preparo para as provas do vestibular.

Resultado de imagem para anxiety in s.a.t

Texto escrito pelo Dr. Lincoln C. Andrade

Permitida a reprodução e divulgação desde que citada a fonte (autor e site)

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário