Crise emocional por descoberta de infidelidade e seu tratamento em Curitiba

Neste artigo vou discorrer sobre um tipo de crise emocional que atendo frequentemente no On Love, programa focado no atendimento de pacientes em crise emocional devido a problemas amorosos e sexuais.

A descoberta de infidelidade do (a) parceiro (a) é quase sempre um evento traumático por vários motivos. Em primeiro lugar, o modo como costuma ser descoberta a infidelidade: atualmente via whatsapp, facebook ,  telefonemas anônimos ou através de amigos (veja artigo neste site sobre descoberta de infidelidade por intermédio dessas e de outras vias).

Em segundo lugar, porque a pessoa traída descobre rapidamente que o fato já era conhecido de muitas pessoas, frequentemente por amigos e colegas de trabalho da pessoa que está sendo infiel e mesmo de seus próprios amigos. Muitas vezes a terceira pessoa é alguém da intimidade de quem foi traído, ou colega de trabalho do infiel, mas que mantém convívio social com ambos os membros do casal. Alguns de meus pacientes relatam que já desconfiavam da infidelidade e de quem seria o pivô da situação, o que em nada diminui o impacto emocional da descoberta.

Diante de forte suspeita da traição a pessoa se angustia e busca provas. Diante de provas irrefutáveis a pessoa entra em uma fase de alternância de emoções e pensamentos obsessivos a respeito da situação. Sente tristeza, medo, insegurança, raiva, ódio, tudo se alternando rapidamente. Não consegue pensar em outra coisa, comer ou dormir, e passa a ter muitos sintomas físicos de estresse elevado.

Os pensamentos variam entre tentar salvar o relacionamento e desejos de separação ou mesmo de vingança. Inicia -se uma fase de intensas discussões com o(a) parceiro (a) infiel, que pode facilmente extrapolar para a família e circulo de relacionamentos.

Como então agir em uma situação de descoberta de infidelidade?

Diante da descoberta da infidelidade, a primeira coisa a fazer, mas que não é nada fácil, é tentar conter o tsunami emocional e analisar friamente a situação. Muitas são as causas de infidelidade, e a maioria nada tem a ver com o relacionamento em si, mas são sim causas individuais.

Outra coisa importante é que, ao contrário do que as pessoas pensam, a  infidelidade frequentemente pouco ou nada tem a ver com o caráter do infiel, e é importante procurar entender o contexto da traição.

Finalmente, é preciso se perguntar se é realmente o caso de se separar. Caso a resposta seja não, a pessoa que foi traída precisa descobrir se sua condição emocional e suas crenças permitem a continuidade do relacionamento.

Em caso de sentir necessidade de ajuda profissional para lidar com a situação acima descrita,  não espere demais, pois muitos relacionamentos se perdem e muito sofrimento ocorre sem necessidade devido a falta de ajuda de profissionais experientes em relações amorosas.

Texto escrito pelo Dr. Lincoln C. Andrade*

Permitida a reprodução e divulgação desde que citada a fonte (autor e site)

*Dr. Lincoln mantém em sua clínica o programa On Love, especializado no atendimento  de pessoas que estão em crise emocional devido a problemas amorosos e sexuais. Trabalha há 15 anos com tratamento e aconselhamento para crises emocionais causados por problemas afetivos e há 9 anos com problemas sexuais. Agendamento de consultas pelo fone (41) 30391890 e (41)996437333.

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário