Conheça os 4 diferentes tipos de crises de pânico através de seus sintomas centrais

As crises de pânico têm uma via neurológica comum, que quando ativada faz com que todas as crises sejam muito parecidas. No entanto algumas diferenças no padrão de sintomas permitem dividir as crises nos quatro tipos descritos abaixo:

.

conheca-os-diferentes-tipos-de-crise-de-panico001+dr-lincoln-andradea) Crises de pânico com sintomas cardíacos exuberantes: essas são crises características de pessoas que, ao serem acometidos por ataques de pânico, procuram auxílio em pronto-atendimentos clínicos ou de cardiologia com queixa de dor no peito e medo de doença cardíaca. Pesquisas apontam que próximo de 30% das pessoas que procuram atendimento médico por  queixa de dor no peito apresentam ansiedade elevada ou transtorno de pânico sem qualquer problema cardíaco.


conheca-os-diferentes-tipos-de-crise-de-panico002+dr-lincoln-andradeb) Crises de pânico com sintomas principalmente respiratórios: essas crises de pânico são características de pessoas que têm a sensação de sufocação ou de intensa dificuldade para respirar durante as crises. Pessoas com predomínio deste tipo de crise costumam  ter também crises espontâneas com mais frequência. Crises espontâneas são crises de pânico sem fator desencadeante perceptível. Outra característica das crises com padrão respiratório é sua ocorrência também durante a madrugada, as chamadas crises noturnas (leia o artigo sobre crises noturnas de pânico neste site).


conheca-os-diferentes-tipos-de-crise-de-panico003+dr-lincoln-andradec) Crises de pânico com predomínio de sintomas gastrintestinais: crises de pânico com padrão gastrintestinal apresentam sintomas como dor abdominal, náuseas intensas,  vômito e até mesmo episódios de diarreia. Pesquisas têm evidenciado que existe a possibilidade de que a fome seja um possível gatilho para a ativação e o disparo deste tipo de crise de pânico.  Existe na população geral uma taxa significativa de pessoas  com a  síndrome do cólon irritável (uma doença psicossomática com componente físico e emocional)  e que apresentam também a síndrome do pânico.


conheca-os-diferentes-tipos-de-crise-de-panico004+dr-lincoln-andraded) Crise de pânico associada com vertigem: a síndrome do pânico pode aparecer em associação (comorbidade)  com labirintite ou disfunção crônica do labirinto. Labirintite é uma disfunção do aparelho vestibular humano (um dos componentes do ouvido) que provoca forte vertigem. Pesquisas apontam que até 30% das pessoas que sofrem com ataques de pânico com agorafobia apresentam também alterações crônicas periféricas do aparelho vestibular, nas quais o sintoma maior é  vertigem persistente. Nessas pessoas as crises de pânico são acompanhadas por vertigem acentuada.

Com as informações acima você que sofre de transtorno de pânico pode ampliar o entendimento a respeito dos sintomas que surgem em suas crises ou ajudar alguém que você conhece a entender melhor este transtorno de ansiedade cada vez mais comum, principalmente em grandes centros urbanos como Curitiba.

Texto de autoria do Dr. Lincoln C. Andrade

Permitida a reprodução e divulgação desde que citada a fonte (autor e site)

Dr. Lincoln Cesar Andrade é médico psiquiatra especializado no tratamento de pessoas sofrendo devido a crises emocionais de qualquer origem, estresse elevado, transtornos de ansiedade e pânico em Curitiba. Agendamento de consultas pelos fones (41) 30391890 e (41) 996437333.

 

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário