fbpx

Oque é a Síndrome de Burnout

O que é síndrome de burnout?

A síndrome de burnout ou esgotamento profissional (o termo burnout significa incendiar-se ou consumir-se), se refere ao que ocorre com grande número de trabalhadores sob intenso estresse no trabalho, principalmente, mas não exclusivamente, com aqueles em contato constante com outras pessoas, mas que ocorre também com trabalhadores sob intensa e prolongada demanda de trabalho.

Trata-se de um conjunto de sintomas causados por longo e penoso processo de desgaste emocional no trabalho, que se não identificado e tratado adequadamente pode levar ao adoecimento físico e mental, e mesmo ao suicídio.

Características principais da Síndrome de Burnout

Pessoas sofrendo da Síndrome de Burnout, em maior ou menor grau, apresentam três características básicas:

1) Esgotamento emocional, caracterizado por sintomas diversos de ansiedade e depressão, como cansaço, insônia, irritabilidade constante, impaciência, necessidade de isolamento, crises de choro no local de trabalho, com intenso sofrimento emocional. Muitas pessoas desenvolvem fobia do local de trabalho, um quadro pouco estudado no Brasil, chamado de workplace phobia nos EUA e Europa.

2) Despersonalização: a pessoa afetada já não se reconhece em seu comportamento diante de outras pessoas. Pode tornar-se explosiva, cínica, indiferente, rígida, hostil, o que piora a condição emocional por sentimentos de baixa autoestima.

3) Perda de prazer no trabalho e sofrimento da identidade profissional: já não há qualquer prazer na atividade profissional, que outrora pode ter sido apreciada, e a pessoa pensa em sumir, desaparecer, muitas vezes abandonando o local de trabalho. A identidade profissional fica muito prejudicada. O profissional se sente incompetente, inadequado.

A Síndrome de Burnout é comum?

O quadro de burnout ou esgotamento profissional vem crescendo assustadoramente no moderno mercado de trabalho, atingindo grande número de profissionais e, quando não tratado precocemente pode determinar longos afastamentos do trabalho e afetar intensamente a saúde do profissional, assim como sua vida pessoal e familiar.

A Síndrome de burnout costuma ser grave?

A síndrome de burnout se instala lentamente, e a pessoa afetada tenta se adaptar até o limite de sua capacidade, chegando finalmente a uma situação de sofrimento emocional intenso, com esgotamento físico e mental, e um comportamento caracterizado por afastamento progressivo das atividades, seja por indiferença, distanciamento ou negligência (despersonalização), podendo chegar a  adoecimento grave.

Tratamento da Síndrome de Burnout:

O tratamento da síndrome do esgotamento profissional envolve avaliação especializada, tratamento farmacológico, psicoterápico e as vezes de clínica médica. Frequentemente envolve afastamento do trabalho, as vezes de modo prolongado, tal o nível de esgotamento.

Vale lembrar finalmente que cabe ao profissional estar atento aos sinais acima descritos, para que procure ajuda especializada nos primeiros sinais persistentes de que o burnout está em curso.

Texto do dr. Lincoln c. Andrade

Permitida a reprodução e publicação, desde que citada a fonte (autor e site)

Dr. Lincoln C. Andrade é médico psiquiatra com residência médica pelo HC/USP, especializado no atendimento de pessoas em crise emocional, estresse, transtornos de ansiedade e pânico. Tem vinte anos de experiência no atendimento de pessoas em crise emocional de qualquer origem. Criou e mantém em sua clínica o programa CALMA, especializado no tratamento de ansiedade e pânico. Agendamento de consultas pelos fones (41) 30391890 e 996437333.

"Clínica Dr. Lincoln Andrade, a clínica de referência no tratamento do estresse elevado,  ansiedade, pânico e crises nervosas em Curitiba".

 

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário