fbpx

Estresse da adolescência e início da idade adulta

Por que costuma-se dizer que o adolescente é problemático, estressado?

Muitos adolescentes e jovens em início da idade adulta enfrentam desafios significativos relacionados ao ciclo de vida. Adolescentes e pessoas muito jovens passam por mudanças de vida significativas, as mais importantes listadas abaixo, o que pode gerar alto nível de estresse em pessoas muito jovens, ainda sem o preparo adequado para enfrentar tais fatores geradores de estresse:

  • Dificuldades próprias da escolha da profissão
  • Problemas de Autoestima
  • Insegurança quanto a aparência física e atratividade
  • Questões relacionadas a sexualidade
  • Apaixonamento intenso, e sofrimento quando o sentimento não é correspondido
  • Dificuldades relacionadas com a busca de autonomia

Tais fatores são as vezes responsáveis por altos níveis de estresse nesta faixa de idade, levando a sofrimento intenso e necessitando de atenção especializada.

Quais as consequências do estresse próprio do adolescente ou adulto jovem?

As consequências são variadas, mas as mais comuns são sensação de inadequação, insegurança, ansiedade e as vezes isolamento. Quando mal resolvidas o adolescente ou adulto jovem pode apresentar comportamentos de revolta, rebeldia ou de risco à sua segurança e integridade física.

Qual a solução? Há tratamento para o estresse do adolescente ou do adulto jovem?

A solução começa pelo respeito aos sentimentos do jovem e do adolescentes. O uso de termos como aborrescente ou aborrescência somente piora a situação, devido ao caráter pejorativo e preconceituoso. A condução correta é tentar ouvir e aconselhar o jovem, buscando ajuda profissional se necessário. Situações de risco devem ser encaradas com a seriedade necessária, com busca de ajuda profissional sem demora.

Texto de autoria do Dr. Lincoln Andrade
Permitida a publicação e reprodução desde que citada a fonte (autor e site)

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário