Archivos de Categoría: Artigos

Crises de pânico e o local de trabalho

A situação de vida em que sentimos medo do local de trabalho, ou quando sentimos tal mal estar ao chegar ao local de trabalho que sequer conseguimos entrar na empresa, chama-se fobia (ou aversão) ao local de trabalho. A fobia do local de trabalho acontece quando o nível de estresse na atividade profissional está muito…
Leia mais

Estresse, ansiedade e dificuldades sexuais

Pessoas sujeitas a estresse excessivo ou prolongado e pessoas muito ansiosas frequentemente sofrem prejuízo da qualidade de vida sexual, em muitos casos acentuadamente. Arnaldo Jabor, escritor, comentarista de TV e diretor de cinema, em seu belo livro "Amor é prosa, sexo é poesia", diz que está cansado da cultura americana, sempre tão preocupada com a…
Leia mais

Transtorno de pânico e medo de doença cardíaca

O medo dos sintomas gerados por estados de ansiedade, assim como de prejuízos físicos, psíquicos ou sociais atribuídos a estados de ansiedade é denominado de sensibilidade à ansiedade. Altos níveis de sensibilidade à ansiedade levam a pessoa ansiosa a reagir de modo desproporcional diante de sinais  normais do sistema nervoso, quando este é estimulado de algum…
Leia mais

Estresse excessivo, irritabilidade e perda de controle na cidade grande

Costumo dizer aos meus pacientes que se o estresse fosse uma operação matemática, seria uma operação de soma, ou seja, os efeitos de cada um dos fatores capazes de gerar estresse em determinada pessoa se somam e produzem efeito cumulativo. Considerando que cada um de nós tem uma capacidade própria para lidar com estresse e adversidade, capacidade essa chamada…
Leia mais

Atentados contra inocentes, violência urbana e a parábola do semeador

Em minha prática diária de quase 20 anos como psiquiatra especializado no tratamento de pessoas em crises emocionais, estresse, ansiedade e pânico, muitas vezes tenho me lembrado da parábola do semeador. A razão explico ao longo deste artigo. Resolvi escrever este artigo após tomar conhecimento pela imprensa sobre o atentado efetuado por um atirador solitário…
Leia mais

Conheça os 4 diferentes tipos de crises de pânico através de seus sintomas centrais

As crises de pânico têm uma via neurológica comum, que quando ativada faz com que todas as crises sejam muito parecidas. No entanto algumas diferenças no padrão de sintomas permitem dividir as crises nos quatro tipos descritos abaixo: . a) Crises de pânico com sintomas cardíacos exuberantes: essas são crises características de pessoas que, ao serem acometidos por ataques de pânico,…
Leia mais

A importância da atividade física no tratamento do transtorno de pânico

A atividade física aeróbica é considerada uma forma de adjuvante importante no tratamento do transtorno de pânico. Muitas pessoas que sofrem de transtorno de pânico temem a atividade física devido a ativação do sistema nervoso produzida pelos exercícios físicos. A ativação do sistema cardiovascular gera sinais corporais comuns de resposta física ao esforço, como taquicardia e…
Leia mais

Entenda a sequência dos eventos que intensificam a crise de pânico

Durante um típico ataque de pânico, entra em funcionamento um mecanismo do sistema nervoso conhecido como espiral do pânico, composto pela sequência de eventos descrita a seguir, em que cada etapa ativa ou amplifica a fase seguinte: a) Taquicardia, conhecida popularmente como palpitação ou "batedeira". O paciente sente a frequência dos batimentos do coração disparar,  sente a pulsação do coração  ficar mais forte, as vezes como se fossem pancadas…
Leia mais

Crises noturnas de pânico

Segundo pesquisas médicas, em torno de  60% das pessoas com transtorno de pânico sofrem crises noturnas . Os ataques de pânico que ocorrem a noite costumam aparecer  entre 01:30h e 03:30h. Tais crises são bastante assustadoras, pois reforçam a sensação da pessoa de que está com uma doença grave, talvez fatal.  Muitas pessoas temem dormir por medo de…
Leia mais

O sofrimento e a angústia de quem sofre de ansiedade (fobia) social

A ansiedade social, também conhecida como fobia social, caracteriza-se basicamente por 2 tipos de medos: Medo de desempenhar tarefas diante de outras pessoas e ser avaliado negativamente Medo de interação social, interação com pessoas A intensidade do medo varia entre as pessoas com ansiedade social, e o que caracteriza a fobia social é a ansiedade…
Leia mais